3° FESTIVAL DE CINEMA DE FORQUILHA FOI UM SUCESSO

capa copy

Na noite deste domingo, 17 de abril, na cidade de Forquilha, a capital nordestina do cinema popular, aconteceu o encerramento do III Festival de Cinema de Forquilha, onde é apresentado filmes, (curta e longa metragens) produzidos na região norte, onde na ocasião foi realizado a entrega de Troféus para homenagear aqueles que se dedicam a esse tipo de produção.

Segundo o Prefeito Gerlásio Loiola, “O FESTIVAL DE CINEMA DE FORQUILHA, é uma iniciativa que visa incentivar a cultura, prestigiar os artistas locais e potencializar nossa identidade com o CINEMA POPULAR.” A cidade de Forquilha tem MAIS DE 40 filmes produzidos por artistas locais.

A ideia iniciou a partir da iniciativa do cineastra, Josafá Ferreira Duarte, que com sua criatividade natural iniciou as produções de filmes feitos no Salgado dos Mendes zona rural de Forquilha. A partir dessas produções, Forquilha passou a ser conhecida por essa arte, o que atraiu curiosos, e até pessoas da área que passaram a apoiar a ideia, com isso outros produtores na região foram também começando a mostrar seus talentos e produzindo também seus filmes. Segundo Josafá,
Ferreira Aragão, foi o primeiro a apoia-lo, e dar forças nesse trabalho, e aproveitou a oportunidade para agradece-lo em público.

Na sequência foram entregues os troféus de:

Melhor Filme:
FEAR – FORQUILHA

Pela construção de uma proposta de suspense partindo de um universo minimalista, trabalhando
a construção do medo pelo extracampo narrativo de uma forma envolvente e segura.

Melhor Direção
Gustavo Souza – Fear – FORQUILHA

Pela segurança na construção dos elementos de cena, e pela condução no enquadramento dos personagens
no espaço, apostando na visualidade precária do registro à favor de uma experiência sensorial do medo de forma não convencional.

Melhor ator:
JOSAFÁ FERREIRA DUARTE – Oligarquias – FORQUILHA
Pela versatilidade interpretativa de dar vida a duas personagens complexas e completamente distintas em um mesmo filme.

Melhor atriz:
LARA MELO – GROAÍRAS
Personagem Marly (O Verdadeiro Palhaço – O que não se vê por trás da maquiagem)

Pela segurança e presença interpretativa da atriz sobre o gestual de uma personagem discreta, porém marcante.

Melhor fotografia:
Marcos Mendes
– A Escuridão e a Luz Divina – UMIRIM
Pela coerência entre fotografia e narrrativa, resultando numa precisão técnica com a proposta estético-narrativa do filme.

Melhor edição:
Ronaldo Rogers, Augusto César, Ernandes Bernardo, Rozalvo Barbosa – (A Loira do Cemitério) – MERUOCA

Pela precisão no uso de estratégias de montagem que conduz o espectador ao horror proposto no filme.

Melhor Filme Popular:
Caminho Obscuro –
Aureliano Shekinah – FORQUILHA

Melhor Filme Escolar
Futuro Pretérito – Gilvan

MENÇÕES HONROSAS

– OLIGARQUIAS (Josafá Ferreira Duarte)
Pelo afrontamento e coragem no debate de ideias que resgatam temas contemporâneos urgentes e atuais na sociedade.
Pela obra que busca a recepção crítica do público frente à sua condição de oprimido propondo novas formas de organização política e social mais justas e humanitárias.

– A REVOLTA DA NATUREZA (Antoniel)

Pela apresentação de um tema relevante que pousa sobre a preservação do meio-ambiente em uma região que se vê dia-a-dia degradada pela exploração do poder econômico, e pela prova de que é possível fazer cinema ultrapassando qualquer tipo de obstáculo.
Estiveram prestigiando o evento diversas autoridades a secretária de saúde Guida Prado, Secretária de Educação Mirtes Dias, secretária de ação social Cleunia Prado, secretário de Governo Valdir Loiola, ex-vereador Anchieta Rodrigues, Padre Agnaldo Silveira, Adail Melo, prefeito de Groaíras, acompanhado da 1 ª Dama, Elizabeth Ximenes e do Secretário de Cultura, Luis Carlos Rodrigues. O Festival de Cinema é uma realização da Prefeitura de Forquilha em parceria com o SESC-Sobral.

                                                                                                    VEJA O VÍDEO:

 

DSC_0026 DSC_0028 DSC_0032 DSC_0039 DSC_0068 DSC_0078 DSC_0082 DSC_0084 DSC_0087 DSC_0089 DSC_0090 DSC_0092 DSC_0095 DSC_0103 DSC_0107 DSC_0108 DSC_0109 DSC_0110 DSC_0120 DSC_0122 DSC_0125

DSC_0005 DSC_0007 DSC_0008 DSC_0010 DSC_0011 DSC_0018 DSC_0021 DSC_0022 DSC_0023 DSC_0024 DSC_0025 DSC_0031 DSC_0032 DSC_0034 DSC_0036 DSC_0037 DSC_0039 DSC_0047 DSC_0048 DSC_0049 DSC_0054 DSC_0059 DSC_0061 DSC_0062 DSC_0065 DSC_0066 DSC_0072 DSC_0077 DSC_0080 DSC_0084 DSC_0086 DSC_0090 DSC_0092 DSC_0100 DSC_0105 DSC_0112 DSC_0120 DSC_0123 DSC_0130 DSC_0134 DSC_0138 DSC_0143 DSC_0144 DSC_0149 DSC_0153 DSC_0154 DSC_0158 DSC_0159 DSC_0162 DSC_0164 DSC_0167 DSC_0169 DSC_0173 DSC_0175 DSC_0176 DSC_0177 DSC_0181 DSC_0182

 

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *