I Jornada de políticas públicas sobre drogas do Ceará

jornada-contra-as-drogas

Representando o Prefeito de Forquilha Gerlásio Loiola, o secretário de Administração José Antônio participou da I Jornada de Políticas Públicas sobre Drogas, realizada nesta quarta-feira, dia 05, no Centro de Convenções de Sobral, tendo à frente do encontro o prefeito de Sobral Veveu e a Assessora Especial de Políticas Públicas sobre Drogas do Governo do Estado, Socorro França, o encontro também contou com a participação do Vice- Prefeito, Carlos Hilton Soares; dos secretários municipais, e representantes das prefeituras de Moraújo, Ipu, Frecheirinha, Reriutaba, Irauçuba, Hidrolândia, Santa Quitéria, Catunda e Alcântaras.

O trabalho se divide entre os eixos da Prevenção, Cuidado, e Autoridade, com apoio dos Ministérios da Justiça, Educação e Saúde, além da Secretaria de Direitos Humanos, oferecendo capacitações, cursos, treinamentos, e indicando órgãos e entidades ligadas direta ou indiretamente ao tema.
De acordo com o IBGE o Brasil ocupa o primeiro lugar em consumo de crack, e o segundo em consumo de cocaína no mundo. A última pesquisa sobre o crack feita pelo IBGE em 2001, mostrou que 98% dos municípios brasileiros sofrem com o alto índice de consumo desta droga. Cento e dezessete dos 184 municípios cearenses também fazem parte desta estatística como grandes consumidores de crack, daí a preocupação das autoridades em minimizar esse impacto na sociedade.

Para Socorro França, Assessora da AESPD, “o mais importante é pautar o tema. Durante muitos anos esquecemos de tratar sobre drogas e, infelizmente, os traficantes conseguiram cooptar nossa juventude. Nós estamos trazendo para essa discussão o tema “Crack é Preciso Vencer” com as diretrizes que devem ser seguidas em busca de uma saída para esse grande problema. A cartilha apresentada durante a I Jornada mostra os caminhos necessários de como acessar projetos, contatos, e de como ter acesso aos recursos federais disponibilizados para o nosso Estado na luta contra o crack, que são da ordem de R$ 4 milhões, para execução das ações. Inclusive muitos projetos já estão sendo encaminhados e contratados para esse fim”.