Videos
Chamada XV Festival de Quadrilha de Forquilha

Chamada XV Festival de Qu...
O Prefeito Gerlásio Play convida a toda população forquilhense e da região para participar do XV Fes...
BOCA JUNIOR É CAMPEÃO DO CAMPEONATO FORQUILHENSE DE FUTSAL 2017

BOCA JUNIOR É CAMPEÃO DO ...
Em uma noite historia no futsal forquilhense, mais de 3 mil pessoas acompanharam a decisão do Campeo...
Forquilha recebe o Prêmio Escola Nota 10

Forquilha recebe o Prêmio...
A Prefeitura Municipal de Forquilha, através da Secretaria Municipal da Educação participaram de mai...
Estão Abertas as matrículas para o EJA - Educação de Jovens e Adultos

Estão Abertas as matrícul...
Quem não concluiu os estudos, tem agora uma nova chance através do projeto EJA (Educação para Jovens...
Convite - Semana do Meio Ambiente

Convite - Semana do Meio ...
A Prefeitura de Forquilha, Através da Secretaria do Desenvolvimento Rural, Meio Ambiente e Pesca con...
Novidades

PREFEITURA MUNICIPAL DÁ INÍCIO AO NOVO CICLO DO CARRO FUMACÊ EM FORQUILHA

Publicado por Fabiano Rodrigues em 08/04/2016 -

12919684_284735638524897_277435324731014413_n

A Prefeitura de Forquilha iniciou na última quinta-feira (7) mais um ciclo de aplicação espacial de inseticida com o carro fumacê para combater o mosquitos Aedes aegypti.

A Secretaria Municipal de Saúde Em Parceria com o Governo Federal iniciou nesta quinta-feira (07)mais um novo ciclo de borrifação de inseticida pelo carro fumacê nos bairros da cidade, em razão do aumento nos números da dengue e zika vírus e chikungunya em todo o Pais o município está realizando ações para o combater.

A secretária municipal Guida Prado orienta à população que portas e janelas fiquem abertas durante a passagem do veículo para que o inseticida se espalhe pelo interior das casas. Além disso, as pessoas devem estar atentas a depósitos de água sem cobertura, vasos de plantas, utensílios domésticos e embalagens vazias em quintais que possam acumular água, principalmente da chuva.

“Em cerca de 80% dos casos as larvas do mosquito estão em tanques, caixas d’água e depósitos de água, ou seja, no interior das residências, e apenas em 2,5% dos casos os vetores são encontrados no lixo ou depósitos de lixo de acordo o Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRA)”, lembra a Secretária de Saúde que “As ações de combate a dengue no município têm sido reforçadas desde o inicio do ano com a contratação de mais agentes de combate às endemias, já foram incorporados ao trabalho de campo.