Reunião com agricultores forquilhenses define inclusão de produtos nas escolas

SAM_1339O Secretário de Agricultura, Janilson Vasconcelos esteve reunido com alguns agricultores do município de Forquilha na manhã do dia 09 de agosto de 2013, o encontro ocorreu no auditório do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Forquilha, às 09h da manhã.

Estiveram presentes no encontro, o vereador Antonio do Sindicato, o presidente da Associação dos Pescadores de Forquilha, Irineu Fonseca e do representante da COPERBIO, Dário e representantes dos agricultores forquilhenses.

O Assunto da reunião foi a inclusão de produtos da agricultura familiar na merenda escolar das escolas públicas do município de Forquilha. Onde foi anunciado que essa inclusão irá gerar uma renda total de R$ 208.860,00 (Duzentos e Oito Mil, Oitocentos e Sessenta Reais)  que será distribuído entre 18 agricultores e cada um receberá aproximadamente R$ 11.603,00 (Onze Mil e Seiscentos reais) ao longo do semestre.

A intenção do Prefeito Gerlásio é ampliar os 30%, do qual o município tem por obrigação adquirir da agricultura famíliar local, segundo o Prefeito, para 2014, a intenção é que os agricultores forquilhenses se solidifiquem para que esses produtos produzidos em Forquilha cheguem cada vez mais nas escolas de nossa cidade.

O Secretário de agricultura, Janilson Vasconcelos, afirma que é um compromisso de sua pasta fazer essa solidificação acontecer, buscando cada vez mais incentivo e apoio aos nossos produtores rurais.

 A Lei nº 11.947/2009 determina a utilização de, no mínimo, 30% dos recursos repassados pelo FNDE para alimentação escolar, na compra de produtos da agricultura familiar e do empreendedor familiar rural ou de suas organizações, priorizando os assentamentos de reforma agrária, as comunidades tradicionais indígenas e comunidades quilombolas (de acordo com o Artigo 14).

A aquisição de gêneros alimentícios será realizada, sempre que possível, no mesmo município das escolas. As escolas poderão complementar a demanda entre agricultores da região, território rural, estado e país, nesta ordem de prioridade.