Secretaria de Saúde realiza palestra de combate a Dengue

palestra dengue

A Secretaria de Saúde já está realizando o ciclo de combate à dengue em Forquilha. A população deve ficar atenta ao acumular água em virtude da estiagem, mantendo sempre seus depósitos vedados, combatendo assim a proliferação do mosquito.

A Escola Capitão José Diogo, na comunidade de Cacimbinha esteve recebendo a equipe da secretaria de saúde para uma importante palestra sobre o combate ao mosquito transmissor da dengue, o Aedes Aegypti.

Vale ressaltar que somente a fêmea do mosquito pica as pessoas, pois esta, necessita do sangue do seu organismo para amadurecer seus ovos e assim dar sequencia ao seu ciclo de vida.

Fique por dentro:

A picada do mosquito é a única forma de transmissão da dengue?

Sim, a dengue não é transmitida por pessoas, objetos ou outros animais.

Como a pessoa reconhece o mosquito Aedes Aegypti?

O Aedes é parecido com o pernilongo comum. Ele pode ser identificado por algumas características: corpo escuro e rajado de branco, além de possuir o hábito de picar durante o dia.

De onde veio o mosquito Aedes Aegypti?

É originário da África Tropica, e foi introduzido nas Américas durante a colonização. Atualmente encontra-se amplamente disseminado nas Américas, Austrália, Ásia e África. 

Qualquer inseticida mata o mosquito da Dengue?

Sim, porém a aplicação de inseticidas atua somente sobre a forma adulta do mosquito, surtindo efeito momentâneo com poder residual de pouca duração.

Uma pessoa infectada pode passar a doença para outra?Não há transmissão por contato direto de um doente ou de suas secreções para pessoas sadias. A pessoa também não se contamina por meio de fontes de água, alimento ou uso de objetos pessoais do doente de dengue.

É possível distinguir a picada do Aedes Aegypti com a de um mosquito comum?

Não. A sensação de eventual coceira ou incômodo é semelhante à picada de qualquer outro mosquito.